Contratações ilegais ocorrem na SEDUC.

18/01/2018 12h07 | Atualizado em: 18/01/2018 17h50

Após novas denúncias de contratações temporárias ilegais por parte do Estado o Sindicato dos Profissionais em Educação Física volta a cobra correção das ilegalidades nas contratações com Profissionais devidamente aptos a exercer as funções na área de Educação Física, bem como, a necessidade da realização de Concurso Público urgente para provimento dos cargos da Educação Básica

O Sindicato buscou ainda mais informações acerca do andamento do Inquérito Civil Público instaurado pelo Ministério Público Estadual que corre na 9ª Promotoria da Capital, no inqúerito a Promotoria apura as contratações ilegais e ausência de Concurso Público.


CONCURSO PÚBLICO, COBRANÇA EM 2015.

O Sindicato cobra ainda a realização de Concurso Público para a Educação, o ultimo certame foi realizado há 08 anos, no ano de 2009, não tendo seu cadastro de reserva aproveitado, nem mesmo tendo sido prorrogado sua validade, o que para o Sindicato causou grande prejuízo a quem esperava no Cadastro de Reserva e para o erário público que terá que gastar com novo certame.

O SINPEF-TO em requerimento protocolizado em janeiro deste ano fez a cobrança da realização do Concurso Público, em resposta ao Sindicato a SEDUC-TO justificou que “trata-se de um trabalho minucioso, que exige trabalho conjunto de inúmeros setores, não será possível a realização de um novo certame no ano de 2015“

O SINPEF-TO diz não compreender a justificativa, já que a SEDUC-TO tem o levantamento e sabe exatamente da real necessidade e qual o Déficit atual do Quadro de Servidores, não necessitando de um ano para organizar o certame.